domingo, 3 de outubro de 2010

- Lembranças de um grande amor


É tão difícil aceitar que tudo acabou, olhar pra trás e ver que tudo o que vivemos hoje não passam de meras lembranças. Lembranças boas, de um amor verdadeiro que de alguma forma chegou ao fim, ainda não consigo entender qual foi o verdadeiro motivo que nos levou a mudar tanto um com o outro, me lembro como se fosse ontem o nosso primeiro ‘oi’, as trocas de olhares, do nosso primeiro beijo, das conversas no celular até 3h da madrugada. Era tão bom ouvir a sua voz dizendo que me amava, que a sua vida sem mim não teria sentido algum. E hoje estamos tão distantes um do outro, nos tratando como se nada houvesse acontecido entre agente, é triste saber que um amor tão lindo como o nosso teve que acabar, porque só eu te amei de um jeito que só Deus consegue explicar. Talvez ainda ame, não como antes mais o suficiente pro meu coração bater acelerado toda vez que te ver... Mais sei que é somente carinho, e nada mais. Seguimos caminhos diferentes, encontramos novos amores, e hoje a única coisa que nos resta é a lembrança de um grande amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
UBERABA, mg, Brazil
Há sempre uma beleza rara Nesse ser tão menina tão mulher Se não posso dedilhar versos de dor Posso ser apenas eu Iluminar teu dia com o sol Sutilmente abraçar-te molhada Ser tua estrela, tua musa Entregar-me a ti para Compor-me em teus versos Versos de amor tão raro Escritos nessa noite mágica E nos teus olhos Refletir-me na imagem desse amor Por que amar É mais que fazer amor Vim te namorar Derreter-me em teus doces beijos Ser sua flor delicada Perder-me em você E nesse amor ardente, quente Tudo irradia quando me toca Nesse momento sou sua eternamente Deitados na relva molhada numa noite cheia de ESTRELAS...

Seguidores